quinta-feira, 2 de junho de 2011

Quem foi o Leviathan do Livro de Jó?

http://3.bp.blogspot.com/_PcDgCeBbY9Y/SxxRUwA1mYI/AAAAAAAAAOw/GbJWi1iAiD4/s320/leviat%C3%A3.jpg

Numa análise anterior vimos que o Beemote ou Behemoth, criatura mencionada em Jó 40:15-19, de fato existiu, sendo um dinossauro Diplodócido. Porém, esse não é o único animal "fantástico" mencionado nesse livro. Há uma outra criatura, muito mais insólita, no capítulo que se segue

Quem é o Leviatã ou Leviathan?

Assim como a questão do Behemoth e do 4º animal que aparece representado na visão do Profeta Daniel, muita especulação houve em torno do que seria o Monstro Leviathan. Uns alegam que o mesmo seria uma "versão hebraica" de uma divindade da Babilônia, ou seja, um ser mítico. Outros afirmam que ele seria um dinossauro. Outros, um crocodilo. Ou até mesmo um dragão. Mas é claro, a resposta é apenas uma. O que, afinal, foi o Leviathan?

A LENDA HEBRAICA DO LEVIATHAN


O Livro de Jó, capítulos 40 e 41, aponta a imagem mais impressionante do Leviathan, descrevendo-o como o maior (ou o mais poderoso) dos monstros aquáticos. No diálogo entre Deus e Jó, o primeiro procede a uma série de indagações que revelam as características do monstro, tais como "ninguém é bastante ousado para provocá-lo" ou "Quando se levanta, tremem as ondas do mar, as vagas do mar se afastam. Se uma espada o toca, ela não resiste, nem a lança, nem a azagaia, nem o dardo. O ferro para ele é palha, o bronze pau podre".

Assim como o Behemoth e o Ziz (ser alado não mencionado na Bíblia), o Leviathan é uma criatura que faz parte da mitologia Hebraica. O seu nome, claramente, vem do hebraico liwjathan, cujo significo é “animal que se enrosca”, sendo modificado pelo latim bíblico para leviathan. Também é conhecido como “o monstro marinho”

Existe uma lenda que fala que Deus enviara Behemoth para matar Leviathan. Eles terão uma grande batalha, onde os dois morreriam, mas Behemoth sairia vitorioso por cumprir sua missão.
Outra lenda judaica diz que o Behemoth e Leviathan se enfrentarão no final dos tempos, matando-se um ao outro; então, sua carne será servida em banquete aos humanos que sobreviverem.

Para muitos historiadores, o Leviathan nunca existiu; é um animal mitológico que talvez esteja associado ao "Tiamat", uma divindade da mitologia da Babilônia. Porém, é provável que o animal descrito na Bíblia seja real, assim como o Behemoth, conforme comprovado, principalmente pela maneira que a Bíblia o descreve, que parece se referir a uma criatura que não só existiu como também conviveu com o homem, trazendo-lhes grande pavor na época.

Mas, sendo o Leviathan um animal que realmente existiu (e os mitos relacionados á ele possuírem um fundo de verdade), a qual criatura a Bíblia se refere quando o descreve?

UM DINOSSAURO...?

Sabemos que o Behemoth foi um tipo de dinossauro e que, claro, os tais existiram. Alguns criacionistas acreditam que o Leviathan, portanto, também seria um dinossauro contemporâneo ao homem. Mas seria realmente?

Bom, a Bíblia revela o Leviathan como um predador. Sendo assim, se o mesmo foi um dinossauro só pode ter sido um terópode, ou seja, da mesma ordem que pertence o Tyrannosaurus rex e o Velociraptor. Porém, pelos versos que descrevem a criatura e pelo mito hebraico do Leviathan, vemos que o Leviathan era uma criatura aquática, e até onde se sabe não foi encontrado nenhum dinossauro terópode com hábitos aquáticos. Nem mesmo os Espinossaurídeos, que se alimentavam de peixe, viviam nadando por aí.

E UM PLESSIOSSAURO?


o plesiossauro

Por esse motivo, a maior parte dos criacionistas da Terra Jovem alegam que o Leviathan foi um plessiossauro e que há evidências "cientificas" para se crer nisso.

E o que é um plessiossauro? Os plessiossauros foram répteis que dominaram os oceanos na Era Mesozóica, que possuíam braços em forma de remos e hábitos totalmente aquáticos. Alguns deles inclusive eram incrívelmente parecidos com o "monstro do lago ness", a exemplo do Elasmosaurus, um dos mais populares répteis desse grupo. Eles costumavam ser grandes, sendo que o maior deles, o Liopleurodon, por seus 25 metros de comprimento é considerado o maior predador que já exisitiu no planeta.

Ora, como os plessiossauros eram grandes predadores aquáticos, será que então o Leviathan foi um plessiossauro? Poderia até ser, se não fosse alguns inconvenientes...

Em primeiro lugar, o Plessiossauro viveu há milhões de anos antes do homem. Sabemos disso pelos vários métodos de datação, e não falamos apenas da datação radiométrica; apenas pela localização de todos os fósseis achados de plessiossauros nas camadas geológicas podemos ver que eles são bem mais antigos que Adão.

Além disso, a descrição bíblica da pele do Leviathan não se parece com o aspecto da pele de um plessiossauro. Sabemos por causa de fósseis em ótimo estado desses animas, que os plessiossauros possuíam uma pele lisa, como a de uma foca, não com placas como a do crocodilo. Nesse quesito fica impossível associar o plessiossauro ao Leviathah, que segundo a Bíblia, possuía escamas grossas, enfim, placas como cacos, em outras palavras, couro de crocodilo. Os plessiossauros, em alguns casos, eram tão graciosos como um golfinho!

Outra questão que é um grande problema a respeito do Leviathan como sendo um plessiossauro é a alegação bíblica de que o Leviathan solta faíscas de sua boca e fumaça de suas narinas. Alguns criacionistas afirmam que os fósseis dos plessiossauros possuíam grandes cavidades, onde poderia ocorrer uma reação química similar á que ocorre dentro do escaravelho bombardeiro, um besouro que explode uma espécie de ácido. Mas...

- Não há evidencia nenhuma de que os plessiossauros tiveram tal estrutura. E olha que já foram encontrados vários plessiossauros em bom estado...

- A disposição e a morfologia das narinas dos plessiossauros indica que eles permitiam que a água entrasse em sua boca e daí eles "farejavam" a água filtrando determinadas particulas delas pelas narinas internas. Ora, se o plessiossauro deixava entrar água na boca, fica um pouco difícil de imaginar que esse mesmo ser cospia fogo...

- O texto "dinossauros: a bíblia e a ciencia face a face", já criticado em outras postagens desse site, traz a seguinte frase: "Se isto sucede hoje (com o escaravelho bombardeiro), porque não com animais maiores (plessiossauros) ?". Bom, há uma enorme diferença na anatomia dos escaravelhos e dos plessiossauros; alegar que uma coisa vale para os dois animais é o mesmo que dizer que por serem venenosos a jararaca e o escorpião são animais da mesma família... (Embora a questão do bombardeiro ter relação com o Leviathan não é tão fantasiosa assim, como veremos mais adiante).

Conclusão: o Leviathan não foi um plessiossauro.

Mas então de que animal a Bíblia está falando??

BALEIA?

Alguns sugerem que o Leviatã é uma descrição hiperbólica de uma baleia. Esta perspectiva enfrenta alguma dificuldade, uma vez que o povo judeu do Próximo Oriente não teria tido, em princípio, qualquer contato com baleia, naquela região. No entanto, foi muito alimentada por Herman Melville, na sua obra "Moby Dick", bem como por outras ficções, como "Pinóquio", de acordo com a qual o próprio Pinóquio teria sido engolido por um cachalote. Ademais, a descrição da pele do Leviathan não bate com a da baleia...


UM LEVIATÃ EXTINTO?

No entanto, e mais por curiosidade, existiu na Pré-história um animal a qual os cientistas nomearam como Leviathan (espécie Livyatan melvillei) que viveu no Perú há 12 milhões de anos - uma data um tanto recente, mais recente que a da Era dos Dinossauros, atingindo até 18 metros de comprimento. Porém esse ser, além de estar extinto, era uma baleia e, como já dissemos, certamente o Leviathan de Jó não foi um cetáceo. Quem então pode ser?

E UM CROCODILO?

http://palavrasdeespiritoevida.files.wordpress.com/2009/04/leviata3.gif?w=300&h=198

No livro de Jó, o Leviatã é mencionado conjuntamente com outros animais que são, claramente, terrestres, tais como cabras, águias e falcões, fato que levou muitos estudiosos a considerá-lo como um animal semiaquático. O animal que é mais vezes proposto como Leviatã é o crocodilo do Nilo. Tal como o Leviatã, o crocodilo do Nilo é semiaquático, escamoso e possui dentes afiados.
Alguns autores, comparam os olhos do Leviatã aos do crocodilo, que saem da água antes do resto da cabeça, invocando a imagem da aurora.

Quanto à parte do Leviatã respirar fogo... Aí já há maior dificuldade de conciliação com o crocodilo. Há outras passagens bíblicas, nas quais se afirma que o Leviatã tem múltiplas cabeças, o que também não concorda com o crocodilo. Há quem diga que isso seja alegórico... Mas como veremos adiante, há uma grande possibilidade de isso ser literal...

SERIA O LEVIATHAN UM DRAGÃO?

http://static.tvguide.com/MediaBin/Galleries/Shows/A_F/Dq_Dz/DragonsFantasyMadeReal/crops/dragons-fantasy-made-real06.jpg

Os dragões são criaturas mitológicas que cospem fogo. No entanto, alguns estudos apontam a possibilidade do dragão ser um animal de verdade. Sendo assim, pela descrição bíblica é muito mais provável que o Leviathan seja um dragão.

Uma prova de que o Dragão mítico pode ter existido de verdade é que a sua lenda existia em várias culturas que nunca tiveram contato uma com a outra até o fim da Idade Média. Tanto é, que o dragão da história de Llannowar Dos Scots (Aprox. 500 DC), o Jörmungandr dos Vikings (Aprox. 300 DC) e o Dragão Vermelho da lenda do povo de Chian (Aprox. 300 DC) são descritos exatamente iguais: Serpente gigante com asas e 4 pequenas patas. Até então, esses povos nunca tinham entrado em contato direto, muito menos a ponto de trocar mitologias.

Mas... como pode um animal cospir fogo pela boca? Os produtores do documentário do Discovery Channel "DRAGÕES: UMA FANTASIA QUE SE TORNA REALIDADE", extraíram informações que mostram que um animal como o Leviathan pode realmente ter existido sem nenhuma dificuldade.

Todos os animais carregam bactérias em seus intestinos que ajudam na digestão dos alimentos. Neste processo, as bactérias liberam um produto metabólico secundário: gás. A equipe do programa do Discovery sugere que as bactérias presentes no sistema digestivo dos dragões poderiam ter sido de um tipo raro, liberando hidrogênio gasoso. O hidrogênio, que é combustível e 14 vezes mais leve que o ar, seria o segredo da capacidade de voar e de soltar fogo dos dragões. O hidrogênio aumentaria o seu poder de flutuação, permitindo que voassem. O gás produzido seria canalizado para duas bolsas de armazenamento, as vesículas de vôo, que, quando totalmente infladas, ajudariam estes animais a levantar vôo.

Mas ainda continua a pergunta: como poderia respirar fogo? O mesmo hidrogênio usado para manter os dragões no ar também é um gás combustível e pode produzir fogo, precisando para tanto apenas da presença de um catalisador. Na natureza, o besouro bombardeiro pode produzir uma explosão de líquido fervente usando enzimas e um catalisador orgânico. Os cientistas portanto propõem que os dragões poderiam ter usado platina em pó, um catalisador que podiam conseguir através da ingestão de platina, encontrada nas rochas sedimentárias. Platina poderia ter sido a faísca catalítica que reagiria com o hidrogênio armazenado nas vesículas de vôo dos dragões, produzindo fogo. Cientificamente, então, isto se encaixa com a descrição bíblica que diz que saem faíscas da boca do Leviathan.

Juntando todas as pistas, o único animal que se encaixa tanto com a Bíblia quanto com a lenda hebraica do Leviathan é o dragão cuspidor de fogo, presente em diversas lendas (ou relatos?) e que provavelmente existiu.

SIGNIFICADO ESPIRITUAL

Contudo, temos que fazer uma distinção a respeito do que espiritualmente o Leviathan pode significar. Em seu sentido literal e conforme é aplicado no Livro de Jó, o Leviathan foi um animal criado por Deus (assim como todo o resto dos seres vivos). Observe:

"Ali andam os navios; e o leviatã que formaste para nele folgar."

Deus formou o Leviathan. Deus formou todos os seres vivos... No demais ele é citado no livro de Jó para mostrar o poder de Deus e a Sua grandiosidade:


Ele também é usado para profetizar a destruição do mal pelo Senhor nos últimos dias.

"Naquele dia o Senhor castigará com a sua dura espada, grande e forte, o leviatã, a serpente fugitiva, e o leviatã, a serpente tortuosa; e matará o dragão, que está no mar."

"Fizeste em pedaços as cabeças do leviatã, e o deste por mantimento aos habitantes do deserto."

No entanto, assim como ocorre com certos animais da Bíblia como o Cordeiro, o Leão, a Águia, a Rã ou até mesmo o dinossauro Carnotaurus (4º animal da visão de Daniel), existe uma representação do Leviathan no mundo espiritual. Na demoniologia, parte da teologia que estuda a questão dos demônios ou anjos caídos, Leviathan é o nome do espírito de manipulação,onde muitas características do animal Leviathan são representadas alegoricamente nele. Segundo John Konox, o espírito Leviathan tem a finalidade de governar e reger a mente do homem. Ele é um espírito de manipulação mais acentuado que Jezabel. A liderança regida pelo Leviathan fica amortecida e anulada.

Mas é claro, devemos separar as coisas aqui, pois a maior parte das referências bíblicas sobre o bicho (maior parte no livro de Jó) refere-se ao Leviathan como uma maravilha da criação de Deus, e não como um demônio. Portanto, misturar as coisas pode levar a pessoa a distorcer de form bizarra alguns trechos da Bíblia, como ocorre numa pregação apresentada no Ministério Betel, onde a mistura do demônio Leviathan com o animal Leviathan levou a distorções gigantescas na mensagem, como pode visto aqui:

"Em Gênesis Deus mandou o homem dominar sobre Leviatã (...) Com a queda o homem se deixou dominar por Leviatã. Leviatã entrou na mente da matriarca das mulheres, lançou dúvidas, manipulou, mentiu, induziu. Leviatã sabia que se pegasse a mulher iria derrubar o homem, foi astuto. Por isso, toda mulher de Deus deve manter sua mente bem guardada.Quando Leviatã atacou Jó, usou sua mulher para desanimá-lo(Jó 2:9). Se acertarmos na liderança feminina Leviatã será derrotado."


Em outras palavras, devemos tomar cuidado para não fazer interpretações erradas das coisas.

CONCLUSÃO

Uma das coisas que o cristão nota ao analisar a Bíblia é a sua eficácia, tanto no texto quanto no seu contexto. Uma das passagens que parecia a mais desconexa da Bíblia, situada em Jó capítulos 40 e 41, por meio das análises apresentadas, torna-se realmente bem precisa: O Behemoth existiu, e o Leviathan também existiu, ambos exatamente da maneira que Deus os descreve para Jó, mostrando que perto desses incríveis seres, o homem não é nada.

Mas temos que atentar para o seguinte: Qual é o ponto da descrição do saurópode diplodócido (Behemoth) e do Dragão cuspidor de fogo (Leviathan)? O ponto da descrição destas duas criaturas é este: se Jó não pode nem se comparar em força com a criação de Deus, como pode ele esperar contender com o próprio Deus?

FONTE:

http://pt.wikipedia.org/wiki/Livyatan_melvillei


http://www.estudosdabiblia.net/jo15.htm

http://www.estudosgospel.com.br/estudos/diversos/os-sete-pecados-capitais.html

http://www.discoverybrasil.com/dragoes/anatomia/index.shtml

http://www.discoverybrasil.com/dragoes/anatomia/anatomia2/index.shtml

http://br.answers.yahoo.com/question/index?qid=20090203032210AA7X0x6

http://pt.wikipedia.org/wiki/Leviat%C3%A3_%28monstro%29

12 comentários:

  1. Hummmm..."...O Behemoth existiu, e o Leviathan também existiu, ambos exatamente da maneira que Deus os descreve para Jó, mostrando que perto desses incríveis seres, o homem não é nada..." Acredito que seria mais prudente afirmar: "poderia ter existido" Não há evidências científicas concretas... Mas me preocupa outro ponto: O HOMEM É A COROA DA CRIAÇÃO! É uma afirmação, pois não tenho dúvida disto. Valorizar animais em detrimento dos homens para mim é impraticável. A paleontologia caro estudioso é uma fração dos conhecimentos existentes! E os seres estudados são objetos para serem GOVERNADOS pelo Homem! Genesis 1:26: “26 - E disse Deus: Façamos o homem à nossa imagem, conforme a nossa semelhança; e domine sobre os peixes do mar, e sobre as aves dos céus, e sobre o gado, e sobre toda a terra, e sobre todo réptil que se move sobre a terra.”

    ResponderExcluir
  2. Estranho...perdão por falar assim, mas você não crê na veracidade bíblica? Como pode dizer "faltam evidências concretas"? Aliás, você já não viu o esqueleto de um saurópode? Bem, eu já. E se isso agrega positivamente para a palavra de Deus, e daí? Não é bom que agregue?

    E outra coisa: o homem realmente é a coroa da criação, e se você acha que não penso assim é porque não viu nem metade dos artigos do site. Mas atente para a mensagem do livro de Jó e o sentido de Eclesiastes 3,20. Nós sabemos que o homem foi posto a governar todos os seres conforme Gn 1:26. Mas tem um detalhe que você deve ter se esquecido: vá ao terceiro capítulo de Gênesis, que teremos a chamada "QUEDA DO HOMEM", onde esse domínio total sobre as criaturas foi perdido. Quer uma prova concreta? Pois bem, passe a mão na boca de um jacaré. Ele irá deixar? Ou então, tente fazer cócegas nas presas de uma aranha armadeira... Ela vai deixar?

    Mas vamos pegar um exemplo da Bíblia sobre isso:
    "Põe a tua mão sobre ele, lembra-te da peleja, e nunca mais tal [o leviatã] intentarás." (jó 41,8). É a Bíblia quem diz isso, não eu. Acontece que o homem espiritualmente é infinitamente superior a qualquer ser que existe ou tenha existido. Mas fisicamente o homem, a Bíblia declara, é pó e ao pó retorna... A bíblia ainda dá a entender que fisicamente o homem é como os animais (leia Eclesiastes 3). Não dá pra distorcer ou mudar o sentido disso. Até a ciência comprova que isso é verdade...


    Entenda, irmão, o sentido da passagem de Jó também. Em Jó 40 e 41 Deus mostra a grandeza de seu poder e mostra que o homem perto da complexidade e grandeza física não é nada. Quanto mais o poderoso Deus, que é o autor de tudo? Essa é a mensagem do texto.

    Agora, sobre valorizar animais em detrimento dos homens é algo que a Bíblia diz que não devemos fazer, e quem raios disse que eu fiz isso nos textos? Olha, eu tenho uma evidência de que você deu uma olhadinha no estudo e saiu criticando sem ver o resto do conteúdo do site: você sem dúvida nenhuma não leu esse artigo aqui -
    http://genesisum.blogspot.com/2010/08/temei-deus-e-dai-lhe-gloria-pois-e.html

    Eu creio sim, assim como em Romanos 1,20 e Jó 12,7, que a criação revela a glória do nosso DEUS, e eu admiro a criação NESSE SENTIDO. Nesse sentido devo dizer que não sou o único cristão que assim o faz.

    Agora se você não consegue enxergar a soberania de Deus em Sua Criação e não consegue ver que fisicamente o homem é só pó, tudo bem, vc pensa assim. Respeito

    Mas ORE, e aprenda a respeitar os seus irmãos em cristo também.

    Paz do Senhor

    ResponderExcluir
  3. Paz e boa noite. Vejo que neste campo podemos cada vez mais nos entender e melhorar. Mas fique calmo, pois não tenho a intenção de desfazer dos teus conhecimentos. Falo por que sendo criacionista não valorizo tanto o conhecimento dos cientistas que desejam renegar o conteúdo da Bíblia, se não fazes parte deste grupo estais comigo e partilhamos do mesmo saber. Quando afirmo poderia existir não falo do ser da Bíblia, deste não duvido... Mas do ser indicado por ti, este e fruto de seu estudo, que pode estar equivocado. Coisa banal no meio científico, nem sempre temos a certeza absoluta. Sou contrário as proposições evolucionistas por que vejo nelas levianas intenções contrarias as afirmações da Bíblia, a exemplo da criação do homem. Observe bem o texto de Eclesiastes e note que algo foi dito pelo homem e não por Deus: 18:”Disse eu no meu coração, quanto a condição dos filhos dos homens, que Deus os provaria, para que assim pudessem ver que são em si mesmos como os animais. “ “Disse eu” e intenção do autor e significa que a palavra estava com o profeta e nao com Deus. Ele subjetivou os seus pensamentos ele mesmo comparando os homens a animais. Não se pode apenas com este texto considerar desta forma, pois senão seriamos deuses, visto que em outro texto diz que “sois deuses”. Note que no versículo 19 ele confirma a sua, e não de Deus, comparação do homem com os animais. Como diz Adauto em seus pronunciamentos: “como poderemos dizer façamos o homem a nossa imagem e semelhança e de repente aparece um micróbio”! Ou um macaco. Tal coisa não combina com o Poder de Deus e com sua Gloria! Não entendi porque tu desejas que eu ORE e respeite os irmãos... Não usei nem no outro texto nem neste nenhuma palavra que possa te desmerecer. Por favor não confunda as coisas! A nossa discordância, jamais, pode nos afastar de nossa irmandade crista... Pois se isto ocorre os dois deixarão de estar nesta condição! Oremos juntos...Marcos Moreira

    ResponderExcluir
  4. Paz, Marcos.

    Realmente estamos nos entendendo bem e em certo ponto nós partilhamos de muitos pontos em comum.

    Sobre o texto de Eclesiastes, eu penso que o autor diz no sentido físico, material, a respeito da comparação homem-animal. Mas espiritualmente a Bíblia nos chama de pequenos Deuses. No nível espiritual nosso status é muito grande, e nisso eu e você concordamos. O homem físico, a carne, é pó e ao pó retorna, mas o espirito é que permanece - e torna para Deus. Na ótica cientifica, não dá para negar que o homem FISICAMENTE lembra um primata. Creio ser até desonesto dizer o oposto, mas enfim.

    Sobre a questão "a imagem e semelhança", na verdade acredito que isso se refira ao folego de vida que Deus soprou no homem, ou seja, o "á imagem e semelhança" é no sentido do intelecto, do espiritual. É importante notar que Deus diz que faria o homem á imagem e semelhança no sexto dia, enquanto em Gn2,7 não há a menção de que Deus iniciou a formação do homem no sexto dia, na verdade o texto nem diz como Deus o formou,e os próprios judeus reconhecem isso. O que a Bíblia deixa claro apenas é que a conclusão do ser humano estava no coração de Deus desde o principio mas ela só consolidou-se ao fim do 6° dia. E que diferença isso faz? Parece que não mas esse pormenor pode fazer toda a diferença, conforme você pode ver no artigo "estudando a origem do homem".

    ResponderExcluir
  5. Sobre a questão do Leviathah, eu não entendi. Esse estudo não diz respeito nem ao criacionismo nem ao evolucionismo. Aliás, a existência de dragões corrobora várias citações bíblicas que menciona um ser chamado de "dragão". No caso do behemoth é algo mais espetacular ainda pois fala de um ser que não existiu nos tempos bíblicos, o que comprova a inspiração divina dela.

    Eu penso assim: devemos filtrar da ciência aquilo que é bom e pode nos ser útil, mas devemos saber diferenciar opinião cientifica de pesquisa cientifica, e muito do rolo entre criacionistas e evolucionistas ocorre por conta dessa falta de distinção. Aquilo que é "bom" devemos reter; o que é mal nós "rejeitamos". Mas Deus é tão soberano que no final das contas a própria ciencia testifica d'Ele, embora muitos cientistas não percebem isso ou não aceitam.

    Me desculpa por qualquer termo que falei, e espero conversar com você mais vezes. Meu e-mail é rhodrigo_gomes@hotmai.com.

    Paz!!!

    ResponderExcluir
  6. respondendo genezis 1, eu acho que não devemos nos prender ao ciracionismo ou evolucionismo, eu acho que a criatura leviathan, behemonte e deus existiram da mesma maneira que existiram os dodos, e da mesma forma que existiram os bisoes, e tambem desapareceram da mesma forma como a arara-azul, o mico leão e outras criaturas divinas em suas imperfeiçoes desaparecerão com o tempo, é tudo uma questão de paciencia e aceitação!

    ResponderExcluir
  7. "caros amigos achei o artigo sobre esses animais descritos na biblia interessante.
    não acho que o leviatã fosse um animal exclusivamente aquatico ,mas ele devia ter um comportamente parecido com as iguanas marinhas que temos em galapagos.
    a biblia tambem menciona que o leviata em terra seca possuia grande velocidade"...levantando-se ele tremem os valentes ,quando irrompe,ficam como quefora de si..."ele era um animal que impunha respeito e em terra era veloz ,mas que também mergulhava.
    só posso chegar a conclusão que trata-se de um teropode terrestre mas com comportamento aquatico.era um bicho que se virava nos dois meios.
    já pararam pra pensar num predador assim?deve ter sido pior que o t.rex!

    ResponderExcluir
  8. parabéns ve esse video youtube: Deus não muda e o justo vivera pela fe tem mais uma imagen do dialago com o que voce vé Deus ou Beemote este video pode ser entendido como resposta como jo ouve somos irmão pela vontade de Deus para honra e gloria de nosso irmão jesus enm nome do Pai
    aleksnepomuceno@hotmail.com

    ResponderExcluir
  9. Gostei muito dessa matéria, e acho que os dois estão no caminho certo! Continuem a estudar a bíblia.
    Ore a Deus e pesam sabedoria e suas perguntas serão respondidas.

    ResponderExcluir
  10. Sem querer criar controvérsias, mas o leviatã é um ser maritmo, pelo que li falaram q levitã seria talves um ser terrestre ou aéreo mas não é,
    na biblia satanica o leviatã é especificado como um ser do mar, então provavelmente não é um ser terrestre nem aéreo.

    ResponderExcluir
  11. Biblia satânica? Que conteúdo bom para ser alimentar... A cópia de tudo que faz o pai da mentira...

    Todos verão o leviatã um dia...

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Não é bom se espelhar na bíblia satanico , misericórdio! Quem acrescente conhecimento deste livro detém do PAI DA MENTIRA! então por favor se quiser aprender peça sabedoria a Deus sem nada duvidar e leia a bíblia , Paz do Senhor

      Excluir