Em Destaque:

A morte na panela e os erros criacionistas

Recentemente, assisti a uma pregação do pastor Adeildo de Oliveira Silva, da igreja o qual congrego, que me chamou muito a atenção por est...

quinta-feira, 26 de janeiro de 2012

FICHA DE CONSULTA: Os animais pré-históricos na Bíblia

Através dos fósseis, hoje nós não temos dúvida de que realmente existiram muitas criaturas no passado que foram extintas, que não existem mais. Sabemos também, graças aos dados que a geocronologia nos oferece, que esses seres viveram em épocas muito diferentes, sendo a maior parte deles do tempo em que Deus ainda estava criando e povoando o nosso planeta (afinal os dias da Criação de Gênesis, conforme o estudo apresentado aqui, foram no tempo do Criador e não no nosso tempo). Mas a pergunta, sobre esse assunto, que não quer calar, é: A Bíblia menciona... animais pré-históricos? Ficará surpreso ao saber que a resposta é SIM!

Nesse site já apresentamos alguns estudos que falam sobre alguns animais hoje extintos mas que estão registrados nas páginas das Sagradas Escrituras. Aqui, você poderá ver resumidamente quais animais pré-históricos estão identificados, no momento, na Bíblia. (É importante deixar claro que essa página poderá ser atualizada, conforme novas descobertas surgirem sobre o tema).


Monstros no Gênesis

A Bíblia fala de algum dinossauro? O nome deles não aparece na Bíblia porque foi inventado por Richard Owen recentemente... Porém o primeiro capítulo da Bíblia, no versículo 21, já fala de "grandes monstros do mar" ou "grandes baleias", como constituíntes da Criação do 5º dia. O termo original em hebraico, tanynim, em seu cerne se refere a  criaturas monstruosas similares a dragões; que teriam surgido no planeta juntamente com as aves e com a nossa fauna marinha atual. Curiosamente, na Era Mesozoica existiram répteis com tal aspectos, conhecidos atualmente como "dinossauros", que conviveram com as primeiras aves e com os primeiros peixes dos grupos atuais que existem!


Um touro magnífico

Por muito tempo pensou-se que o termo hebraico re'ém se referia aos lendários unicórnios. Porém, o sentido original dessa palavra se refere a um boi selvagem. Mas que boi selvagem seria esse que a Bíblia descreve como sendo forte, veloz, aterrorizante, robusto e de grandes proporções, conforme vemos em Jó 39:9 - 11:

Quererá o boi selvagem servir-te? ou ficará junto à tua manjedoura?Podes amarrar o boi selvagem ao arado com uma corda, ou esterroará ele após ti os vales? Ou confiarás nele, por ser grande a sua força, ou deixarás a seu cargo o teu trabalho? Fiarás dele que te torne o que semeaste e o recolha à tua eira?

Esse touro magnífico existiu mesmo, e se chamava Auroque (Bos primigenius). Esse boi, com dois metros de altura e três de comprimento (pouco menor que um elefante) foi extinto em 1627, porém era muito comum na chamada Era do Gelo e, surpreendentemente, era exatamente do jeito que a Bíblia o descreve!


Cauda grande como o cedro

O Beemote do capítulo 40 do livro de Jó também gerou e continua gerando polêmica. Alguns dizem se tratar de um elefante... ou hipopótamo... Mas não tem como escapar: somente um tipo de animal com a descrição que traz esse capítulo pisou nesse planeta: os dinossauros da família Diplodocidae! Esses seres, com pescoço longo na horizontal, pernas como pilares e caudas tão longas e fortes como o Cedro (igual á descrição bíblica), atingiam até 30 metros de comprimento e viveram há 140 milhões de anos, sendo os gêneros mais famosos do grupo o Apatosaurus e o Diplodocus. Deus, com sua onisciencia, citou para Jó a respeito desse animal como se ele tivesse ali, do lado dele, dizendo que ele era "uma obra prima dos caminhos de Deus". (Confira mais detalhes sobre o Beemote clicando aqui).





Quem pode com o Leviatã?

Muitos teólogos já discutiam muito a respeito de que animal, afinal de contas, era o Leviatã que tanto é mencionado nas escrituras, e descrito com detalhes em Jó 41. Algumas traduções da Bíblia o chama de crocodilo. Claro, o Leviatã tinha placas por todo o corpo mas... a Bíblia diz que o Leviatã cuspia fogo pela boca! Alguns criacionistas argumentaram que seria um dinossauro hadrossauro, mas os hadrossauros eram vegetarianos... Ou então os plessiossauros, mas estes usavam as cavidades cranianas não para guardar elementos químicos, mas para filtrar partículas da água...Possivelmente, então, o Leviatã deve ter sido um dragão cuspidor de fogo... Mas existe uma possibilidade mais inclinada para o registro fóssil? A segunda possibilidade, então, é que a citação de que o animal solta faíscas seja alegórica e aí, nesse caso, um bom candidato seria o Mosassauro, que viva no mar (como atesta o livro dos Salmos), placas dorsais (como atesta o livro de Jó) e com o mesmo aspecto das serpentes marinhas avistadas pelos marinheiros, o que abre a possibilidade dele ser um animal que ainda não foi extinto...

A ladeira de Ziz

http://milesandhisfavorites.files.wordpress.com/2010/03/teratorn_incredibilis.gifUma criatura chamada pelos hebreus de Ziz também faz parte da chamada "mitologia hebraica", juntamente com o Leviatã e com o Behemoth. Aparecendo em muitos artesanatos hebraicos, esse bicho era uma "ave" tão grande que cobria o sol com a envergadura de suas asas. Curiosamente, existiu uma espécie de condor que atingia até 8 metros de envergadura alar, sendo a maior ave do mundo e presente em diversas lendas de vários povos, sendo conhecido cientificamente como Teratornis. Esse provavelmente era o Ziz. Embora não se tenha um relato direto na Bíblia sobre o Ziz, ele é mencionado em "Amanhã descereis contra eles; eis que sobem pela ladeira de Ziz, e os achareis no fim do vale, diante do deserto de Jeruel."(2 Crônicas 20:16)

A extinção registrada

Sabemos que os dinossauros foram extintos há 65 milhões de anos num período de tempo muito rápido. Mas um evento tão significativo não estaria registrado na Bíblia. Surpreendentemente, há um registro de que essa extinção aconteceu e que foi Deus quem a permitiu, no salmo 74:13 e 14:

"Tu dividiste o mar pela tua força; quebrantaste as cabeças das baleias nas águas. Fizeste em pedaços as cabeças do leviatã, e o deste por mantimento aos habitantes do deserto."

O texto também fala do Leviatã, mas nesse caso se refere aos monstros similares ao Leviatã, ou seja, é uma referência direta á essa extinção. Porém, o porquê dessa extinção, a Bíblia não declara e até o momento não sabemos qual seria o propósito dela.

E uma curiosidade: a descrição nesses versículos também faz analogia á ação da mão de Deus quando tirou os israelitas do Egito!


Terrível e muito espantoso

Dentre os quatro animais que Daniel vê na visão registrada em Daniel 7 (sendo cada animal uma simbologia de um reino que viria posteriormente), o quarto deles não é comparado a nada que ele já tenha visto; é descrito como "terrível", "mui espantoso", com dentes e garras afiados e chifres (que na visão são simbolicamente 10 chifres). O único animal com essas características viveu há 100 milhões de anos antes de Cristo, na Patagônia Argentina, e é conhecido cientificamente como Carnotaurus sastrei. Esse dinossauro, com oito metros de comprimento, era diferente dos outros pois tinha focinho curto com dentes afiados, braços atrofiados mas pés com garras afiadas e, além de uma fileira de pequenos calombos nas costas, dois grandes e grossos chifres sobre os olhos... Era uma criatura que metia medo - e a mais próxima da criatura simbólica de Daniel 7:7.








11 comentários:

  1. Nao misture biblia com ciencia,voce esta certo seguindo ter dinossauros,mas a biblia e toda sua cronologia ate o livro de apocalipse,e tambem ate os dias de hoje,se fizer a conta a terra nao vai passar de 30 mil anos,eu tenho teoria que talvez essas criaturas estejam mortas,ou nao,na minha opiniao Deus viu que os dinossauros estavam tanto a se matar,um matando o outro que Deus os extinguio,mas e bem legal pensar como eram ou sao esses monstros gigantes e epicos.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Não dá nem 30 mil anos se tomarmos os numeros literalmente, mas sim 6 a 10 mil anos (basta somar as genealogias de gênesis 1). Na verdade, realmente hoje não existe dinossauros (pode ser que ainda exista um tipo de dicraeossaurídeo na África, mas há controvérsias). De qualquer forma, sei que a Bíblia não é um livro de ciência, mas todo tema que envolve ciencia que ela toca, ela acerta.

      Excluir
    2. O tempo de Deus não é como o dos homens, no Gênesis fala que o mundo foi criado em 7 dias, esses "7 dias" pra Deus pode ter sido milhões de anos, a ciência prova a existência dessa criatura há milhões de anos atrás e não está de forma alguma se opondo a bíblia.

      Excluir
    3. Este comentário foi removido pelo autor.

      Excluir
  2. OBS: O "dicraeossaurídeo" seria o tal de Mokele-mbembe, mas só existe em lendas, nem foi encontrado registro nenhum do bicho

    ResponderExcluir
  3. Um dragão cuspidor de fogo? Existe evidência disso?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Parece estranho, mas alguns cientistas conseguiram "traçar" um modelo que afirma que esses animais podem ter existido sem problema - embora ainda não tenha sido encontrado fosseis que dessem certeza disso. Esse estudo é exibido pelo Discovery Channel através de um programa chamado: "dragões: fantasia e realidade".

      Excluir
    2. os cientistas descobriram um crânio fossilizado contendo muito magnésio metálico, uma substância inflamável e que se torna ainda mais volátil em contato com a água.É provável que esse crânio fosse do Leviatã, já que na bíblia diz que ele era um monstro marinho.

      Excluir
    3. A paz, Lívia!
      Parabéns pelo seu blog (eu estive dando uma olhada nele e, como você, eu também sou fascinado por dinossauros e répteis). Porém, sobre o cranio com magnésio, achei interessante fui dar uma pesquisada sobre o assunto. Ocorre que na realidade o magnésio achado não pertenceu ao pterossauro em questão. Por quê? Porque quando um cranio se fossiliza todos os osteocitos (parte orgânica, ou seja, do bicho mesmo) são substituídos por minerais - é assim que ocorre a fossilização. Sendo assim, o magnésio metálico provém do extrato que o animal foi achado, mas o animal original não tinha isso não.

      DICA: tem textos nesse blog sobre a questão diluvio, biblia e dinossauros que acho que você ira gostar e aprender bastante coisa nova. Dá uma olhada lá
      Abraços

      Excluir
  4. Em Isaías 27.1 o profeta diz claramente que Leviatã é um dragão do mar, sendo assim, QR teólogos queiram QR não, leviatã não pode ser um crocodilo, pois do contrário a bíblia iria se contradizer
    Obs: Behemoth significa cavalo d'agua assim como hipopótamo, mas isso não significa que é um hipopótamo e sim q possuía grande hábito de ficar nela

    ResponderExcluir
  5. A terra não tem 30 mil anos como falaram, parem e pensem antes da criação do homem quanto tempo passou??? Fala que a terra tem 30mil anos por causa das genealogias, porém isso depois da criação do homem que foi no 6 dia de Deus e não nosso.

    ResponderExcluir